DECRETO 49 - FLEXIBILIZA NORMAS COMÉRCIO